Pesquisa sobre gestão em Confinamento

0
28
Projeto
Foto: Rawpixel.

Este post apresenta o resultado da pesquisa feita com produtores pelo país, buscando entender a eficiência na gestão das propriedades com confinamento. Para isto, eles foram avaliados em uma sistemática de cálculos que permite classificá-los com notas de 1 a 10, onde as maiores notas estão diretamente relacionadas ao lucro da operação. O sistema avalia os produtores mediante informações fornecidas, eliminando as respostas incompletas ou inconsistentes, comparando com o nosso banco de dados. Os produtores foram avaliados nos quesitos compra de gado, custos, desempenho produtivo, lucro, rentabilidade e vendas, permitindo assim, gerar uma nota de eficiência de gestão com alta correlação com o lucro e rentabilidade das fazendas, Gráfico 1.

Gráfico 1 – Eficiência de Gestão em Confinamentos

Gráfico 1 - Eficiência de Gestão em Confinamentos
Gráfico 1 – Eficiência de Gestão em Confinamentos

A pesquisa envolveu 13 estados produtores, com SP, GO, RS, MG, MS, MT e PA as principais regiões envolvidas, e abrangeu 90 mil cabeças de gado, sendo 80% engorda em sistemas de ração (confinamento ou alto grão a pasto) e 20% engorda a pasto (proteinado ou sal mineral). Os animais a pasto serão analisados em outro relatório (Relatório Eficiência de Gestão em Pastos)

Resultados da pesquisa de Gestão em Sistemas de Ração:

A Nota Média dos sistemas de engorda com ração foi 4,5, com 43% dos participantes abaixo da média.  Não houve diferença entre os sistemas de engorda a pasto com alto grão e os confinamentos. O Lucro Médio foi R$ 155,00 por cabeça em 100 dias de engorda. A pesquisa abrangeu o período de junho/17 a outubro/18.

Desempenho Produtivo – foi a nota mais alta, com média 5,8, onde 39% dos produtores ficaram abaixo da média. Ou seja, os produtores em geral já absorveram os conhecimentos para ter bom desempenho produtivo em seus rebanhos, indicando que a transferência tecnológica está bem difundida pelo país. Mas isto não quer dizer que este item não é importante, pois a falta de atenção com o manejo produtivo causa alto impacto nos resultados.

É importante destacar que 68% dos pecuaristas pesquisados utilizam consultorias para auxiliar nos quesitos técnicos.

Eficiência na Gestão de Custos – a nota de gestão de custos foi 4,2, com 52% da amostra abaixo da média. A análise dos resultados mostra que os produtores ainda têm muito a melhorar na gestão de seus custos e, principalmente, na estratégia de compra de insumos que chega a representar 25% dos gastos.

Eficiência na Gestão de Compra de Gado – esta foi a pior nota que os produtores receberam, com média 3,4 e 57% dos participantes abaixo da média.  Ou seja, este é um dos itens que tem maior potencial de melhorar o resultado das fazendas, pois além de representar mais de 65% do custo da atividade, também mostra um baixo conhecimento em estratégias de comercialização por parte dos produtores. Para se ter uma ideia do pouco conhecimento nesta área, outra pesquisa que realizamos, mostrou que menos de 25% utiliza ou conhece alguma ferramenta de análise de tendências ou proteção de preços.

Eficiência na Gestão de Venda de Gado – este item é o de maior impacto no resultado, pois devido ao curto período de confinamento, as fortes oscilações do mercado de commodities e as baixas margens de engorda (média de 6% na pesquisa), demonstram que, uma oscilação mercadológica de 5 a 10%, normais no mercado, poderia liquidar de vez com o resultado da operação.

Como exemplo, temos o período entre 2017 e 2018, quando o Índice Esalq e as outras praças do Brasil, apresentaram oscilações significativas, algumas maiores que 10% (Gráfico 2). A nossa ferramenta de Probabilidade de Queda atingiu quatro vezes as regiões de recomendação de VENDA e quatro vezes a região de recomendação de COMPRA. Sendo três intervalos entre COMPRA e VENDA com oscilações maiores que 10% e quatro intervalos com oscilações menores que 10%.

Gráfico 2 - Probabilidade de Queda na Arroba do Boi.
Gráfico 2 – Probabilidade de Queda na Arroba do Boi.

Nota:
¹ A Ferramenta Probabilidade de Queda é uma análise estatística, desenvolvida pela Agromove. Este modelo coleta e analisa diversas informações de toda cadeia da carne para indicar as tendências de preço no curto prazo. As regiões de Compras (abaixo de 20%) e Vendas (acima de 80%) indicam sinais claros de final de tendência de preços. 

A pesquisa também mostrou que em média há uma expectativa de venda 3,5% acima das máximas ofertadas no mercado, com um desvio padrão de 4,2 sobre a expectativa. Ou seja, temos produtores especulando e outros bem conservadores.

Conclusão

No âmbito geral, podemos concluir que a cadeia conseguiu transferir as tecnologias de engorda ao produtor, que aparentemente tem acesso a informações técnicas e aplica bem seus conceitos. As operações com maiores lucros receberam notas acima da média, em ao menos 3 quesitos.

A grande deficiência em gestão se encontra nos itens de comercialização. Aqui destacamos a importância da evolução dos produtores tanto na comercialização dos insumos, quanto do gado (reposição e venda), pois os dois juntos chegam a representar até 85% dos custos envolvidos. Este último item, apresentou notas bem abaixo da média, demonstrando a importância da difusão deste conceito.

Em outra pesquisa realizada, 88% dos produtores apontaram como muito importante o preço de venda do gado e 72% têm dificuldade em encontrar os melhores momentos de compra e venda de seus animais.

Estes dois sistemas de engorda com ração estão crescendo rapidamente no país e demonstram que para o produtor adotar definitivamente estas tecnologias, a cadeia precisa se preocupar em melhorar estas notas. A grande oscilação na rentabilidade faz com que produtores saiam e entrem no sistema, não permitindo a aquisição de competências e a adoção definitiva da tecnologia. O produtor é a base do sistema, quando ele lucra, todos os elos lucram junto.

SE DESEJA PARTICIPAR DA PESQUISA E RECEBER UMA NOTA, CLIQUE AQUI.

E não se esqueça de avisar através do e-mail [email protected], quando finalizar o questionário da pesquisa.

>> Você conhece os Simuladores Econômicos da Agromove? Eles nos ajudam a preparar um bom planejamento e simular cenários. Elaboramos duas planilhas especiais que auxiliam a entender se você está fazendo um bom investimento com o seu dinheiro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here