fbpx
Início Agricultura Pagamento por Serviços Ambientais

Pagamento por Serviços Ambientais

303
0
copa das árvores

Entenda o que é e quais são os trâmites da Política Nacional que foi sancionada pelo Governo Federal

O conceito de Pagamento por Serviços Ambientais (PSA) é conhecido no Brasil desde a década de 90. Mas a adoção deste termo tem ganhado força no cotidiano ultimamente, com novos projetos de leis que vêm surgindo no sentido de regulamentar Políticas Nacionais, a fim de difundir este conceito pelo país. Segundo o Ministério do Desenvolvimento Regional (s.d.), o método de PSA representa uma versão mais moderna e inovadora quando comparado ao modelo de gestão ambiental tradicional conhecido como “comando e controle”, baseado em fiscalizações e multas. No caso, a gestão parte do princípio da valoração econômica da natureza, resultando em distribuição de incentivos financeiros aos agentes responsáveis pela preservação ambiental.

É válido ressaltar que em regiões específicas, como por exemplo Extrema/MG, abrangendo uma região da Serra da Mantiqueira; Rio Verde/GO, na bacia hidrográfica do Ribeirão Abóbora; e São José dos Campos/SP, na bacia do Rio do Peixe, já existem programas de PSA desenvolvidos, podendo ser acessados pelo site do Governo Federal. Entretanto, o que está em jogo é a difusão destes programas em âmbito nacional, com a manutenção de áreas preservadas encarada como atividade rentável, favorecendo desde quilombolas a produtores rurais.

Projeto de Lei, Nota Técnica e Lei

Por iniciativa do Deputado Federal Rubens Bueno (CIDADANIA/PR), o Projeto de Lei nº 5028 (antigo PL 312/2015), de 2019, visa instituir a Política Nacional de Pagamento por Serviços Ambientais (PNPSA) abrangendo o Programa Nacional de Compensação por Serviços Ambientais (PNCSA) e o Fundo Federal de Compensação por Serviços Ambientais (FFCSA), “objetivando incentivar os proprietários rurais a promoverem, no âmbito de suas propriedades, ações destinadas à preservação ambiental” (SENADO FEDERAL, 2021).

O projeto, que teve participação direta da Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa em Agropecuária), foi aprovado na Câmara dos Deputados no dia 21/12/2020, por 298 votos a 2. A contribuição consistiu em notas e pareceres técnicos, além da participação em audiências públicas relativas a diversos PLs relacionados a PNPSA, desde 2015. O presidente da Embrapa, Celso Moretti, ressaltou o papel da Empresa como provedora de informações qualificadas da ciência à atividade legislativa, e destacou que a política pública está de acordo com os valores de uma Agricultura de Baixa Emissão de Carbono, no que tange o Plano ABC (Plano Setorial de Mitigação e de Adaptação à Mudanças Climáticas Visando a Consolidação de uma Economia de Baixa Emissão de Carbono na Agricultura) e os acordos internacionais (EMBRAPA, 2020).

Após 13 anos de tramitação no Congresso, na quarta-feira (13/01/21) o Governo Federal sancionou a Lei nº 14.119 que institui a Política Nacional de PSA, decretando um marco legal que representa um avanço para a valoração de esforços no sentido de impulsionar e estimular a produção agrícola em equilíbrio com a conservação e recuperação dos recursos naturais. De acordo com a Coalizão Brasil Clima, Florestas e Agricultura (2021), um movimento composto por mais de 260 representantes do agronegócio, sociedade civil, setor financeiro e academia, a conquista é de se celebrar, mas criaram-se desafios que dizem respeito aos trechos vetados pelo Congresso Nacional, comprometendo a governança e a transparência da PNPSA.

O órgão, em posicionamento oficial, ressalta três trechos vetados que representam aspectos fundamentais para garantir a transparência e os incentivos para viabilizar e dar robustez ao Programa Federal de PSA previsto na lei. O primeiro consiste na criação de um órgão colegiado para avaliar o programa, em que o veto derrubou a participação da sociedade civil e prejudicou a transparência do uso dos recursos públicos do PFPSA. O segundo veto prejudica o registro dos contratos de PSA, em que o Cadastro Nacional de PSA garantiria a transparência das áreas potenciais e os respectivos serviços ambientais prestados, além de metodologias e informações sobre os planos, programas e projetos que integram o PFPSA. Por último, os vetos nos artigos 17, 18 e 19 retiram os benefícios fiscais, incentivos tributários e a oportunidade de promover:

“1. Créditos com juros diferenciados para atividades de recuperação de áreas degradadas e restauro de ecossistemas em áreas prioritárias para a conservação, em Área de Preservação Permanente e Reserva Legal em bacias hidrográficas consideradas críticas;

2. Assistência técnica e incentivos creditícios para o manejo sustentável da biodiversidade e demais recursos naturais;

3. Programa de educação ambiental destinado especialmente a populações tradicionais, a agricultores familiares e a empreendedores familiares rurais,

4. Compras de produtos sustentáveis associados a ações de conservação e prestação de serviços ambientais na propriedade ou posse.” (COALIZÃO BRASIL CLIMA, FLORESTAS E AGRICULTURA, 2021).

Tela da Plataforma Agromove Premium.

Quer fazer as melhores negociações com commodities agrícolas?

Conheça as Plataformas Inteligentes Agromove e aproveite!

Programa Floresta+ e Floresta+ Carbono

A sanção presidencial da Política Nacional de PSA dá força de lei ao Programa Floresta+, criado pelo Ministério do Meio Ambiente (MMA) em 2020. O Programa objetiva criar, fomentar e consolidar o mercado de pagamento por serviços ambientais não somente em regiões específicas, mas em todos os biomas do Brasil, no sentido de reconhecer e valorizar atividades, projetos e prestadores de serviços ambientais. Entre as atividades, destacam-se a “vigilância, proteção e monitoramento territorial, combate e prevenção de incêndios, conservação de solo, água e biodiversidade, entre outras.” (MMA, 2020). A remuneração tange indivíduos e organizações, público e privado no âmbito nacional e internacional, de forma direta ou indireta, monetária ou não monetária.

Aliado à remuneração aos prestadores de serviços ambientais, caracteriza-se como destaque o benefício ecossistêmico de aumento e manutenção dos estoques de carbono nos solos brasileiros, resultante da conservação e recuperação das florestas. Nesta conjuntura, o MMA lançou o componente Floresta+ Carbono, que prevê a geração de créditos de carbono através da recuperação da vegetação nativa. Esta modalidade do Programa Floresta+ se baseia na redução de emissões e conservação da floresta nativa, em todos os biomas brasileiros. Entre os meios existentes para a geração de créditos de carbono florestal estão a “Redução de Emissões provenientes de desmatamento e degradação florestal e da conservação e o aumento dos estoques de carbono” e o “Plantio e Recuperação de florestas nativas que sequestram e fixam carbono da atmosfera” (GOVERNO DO BRASIL, 2020).

Para uma melhor compreensão do que é um Crédito de Carbono e mais informações sobre a Precificação e o Mercado de Carbono no Brasil, clique aqui. Para entender o que são e o papel fundamental das florestas secundárias na remoção de carbono da atmosfera, clique aqui.

Considerações Finais

Em suma, é hora do Brasil voltar a ser protagonista na luta por um futuro de baixo carbono no enfrentamento às mudanças climáticas, consolidando iniciativas sustentáveis e provando ao mundo a sua imensa capacidade de produzir alimentos de qualidade em quantidade, aliados à uma preservação ambiental digna e à altura de um país como o Brasil. Neste sentido, vale destacar o esforço de indígenas, quilombolas e de produtores rurais na preservação dos recursos naturais, e dos agentes da sociedade e parlamentares que contribuíram para a criação da Política Nacional de PSA. Também, à Coalizão Brasil Clima, Florestas e Agricultura, por representar um movimento com posicionamentos fundamentais na elaboração de políticas públicas pelo Governo Federal.

Aguarde os próximos artigos do Adeca Agronegócios, um grupo de extensão da ESALQ/USP formado em 2003 que busca unir o conhecimento acadêmico e profissional.

logo ADECA

Site: https://portaladeca.com/ Telefone: (19) 3429-8855 e-mail: [email protected] Instagram: @adecaagronegocios

>> Leia mais em: “Por que devo saber o meu custo?”. Onde Alberto Pessina responde as principais dúvidas sobre gestão de custos.

>> Leia mais entrevistas em: “Margem Bruta e Eficiência Comercial”. Onde Alberto Pessina explica sobre Margem Bruta e Eficiência Comercial.

>> Leia mais entrevistas em: “Como melhorar os resultados da empresa rural?”. Onde Alberto Pessina explica que precisamos analisar uma série de fatores que influenciam na produtividade e rentabilidade do negócio para atingir bons resultados. E é fundamental se ter uma boa gestão das atividades da propriedade rural.

>> Assista nossos webinars em https://blog.agromove.com.br/webinars/

Webinar Importância da geração de caixa para o sócio
Importância da geração de caixa para o sócio
Webinar Como tomar decisões de mercado de forma estratégica?
Como tomar decisões de mercado de forma estratégica?
Webinar Planejando um Confinamento Altamente Lucrativo
Planejando um Confinamento Altamente Lucrativo

Referências Bibliográficas

COALIZÃO BRASIL, CLIMA FLORESTAS E AGRICULTURA. Brasil conquista Política Nacional de Pagamentos por Serviços Ambientais mas governança e transparência saem comprometidas. 2021. Disponível em: <http://www.coalizaobr.com.br/home/index.php/posicionamentos/item/1168-brasil-conquista-politica-nacional-de-pagamentos-por-servicos-ambientais-mas-governanca-e-transparencia-saem-comprometidas>. Acesso em: 17 jan. 2021.

EMBRAPA. Congresso aprova Política Nacional de Pagamento por Serviços Ambientais. 2020. Disponível em: <https://www.embrapa.br/en/busca-de-noticias/-/noticia/58332576/congresso-aprova-politica-nacional-de-pagamento-por-servicos-ambientais#:~:text=feitas%20pelos%20senadores.-,No%20dia%2021%2F12%2C%20o%20projeto%20foi%20aprovado%20pelos%20deputados,a%C3%A7%C3%B5es%20destinadas%20%C3%A0%20preserva%C3%A7%C3%A3o%20ambiental>. Acesso em: 17 jan. 2021.

DIÁRIO OFICIAL DA UNIÃO. LEI Nº 14.119, DE 13 DE JANEIRO DE 2021. 2021. Disponível em: <https://www.in.gov.br/en/web/dou/-/lei-n-14.119-de-13-de-janeiro-de-2021-298899394>. Acesso em: 17 jan. 2021.

GOVERNO FEDERAL. Floresta + Carbono incentiva conservação de vegetação nativa. 2020. Disponível em: <https://www.gov.br/pt-br/noticias/meio-ambiente-e-clima/2020/10/floresta-carbono-incentiva-conservacao-de-vegetacao-nativa>. Acesso em: 18 jan. 2021.

INPE. Estudo aponta o papel fundamental das florestas secundárias na remoção de carbono da atmosfera. 2020. Disponível em: <http://www.obt.inpe.br/OBT/noticias-obt-inpe/estudo-aponta-o-papel-fundamental-das-florestas-secundarias-na-remocao-de-carbono-da-atmosfera>. Acesso em: 18 jan. 2021.

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO REGIONAL. PSA. [S.D]. Disponível em: <https://www.gov.br/ana/pt-br/acesso-a-informacao/acoes-e-programas/programa-produtor-de-agua/psa>. Acesso em: 16 jan. 2021.

MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE. Floresta+ Carbono. Brasília: MMA, 2020. Disponível em: <https://antigo.mma.gov.br/images/publicacoes/Floresta+/Floresta+%20Carbono.pdf>. Acesso em: 18 jan. 2021.

SENADO FEDERAL. Projeto de Lei n° 5028, de 2019. 2021. Disponível em: <https://www25.senado.leg.br/web/atividade/materias/-/materia/138725>. Acesso em: 16 jan. 2021.

Você conhece o curso Lucrar Alto Fora da Porteira da Agromove? Este curso é para você que quer:

🎯 Desenvolver ferramentas para tomar decisões difíceis em mercados competitivos e turbulentos.

🎯 Usar os recursos escassos e focar nas estratégias que geram lucro no curto prazo e retorno no longo prazo.

🎯 Criar medidas consistentes para direcionar o crescimento da empresa e a proteção do fluxo de caixa, ao longo do ciclo de investimentos.

🎯 Criar inteligência competitiva e ferramentas poderosas para gerar Resultado em mercados onde os compradores se tornam cada vez mais fortes e organizados.

🎯 Utilizar as ferramentas de Mercado Futuro e Opções para garantir o Lucro do seu planejamento Estratégico.

🎯 Orientar a sua produtividade para as oportunidades do Mercado.

Acesse https://materiais.agromove.com.br/lucrar-alto-fora-porteira e faça sua Matrícula no curso Lucrar Alto Fora da Porteira!

Curso Lucrar Alto Fora da Porteira.
Fazer minha Matrícula no curso Lucrar Alto Fora da Porteira!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here