Exportações de milho Brasil e quebra da safra americana

0
53
Colheita Milho. (Foto: Ernesto de Souza/Ed. Globo)
Foto: Ernesto de Souza/Ed. Globo.

No Brasil, em razão da excelente produtividade, as expectativas de estoques ao final do ano permanecem elevadas, gráfico ao lado. Porém, devido às tensões internacionais, há um aumento nas expectativas de crescimento das exportações de milho previstas pela CONAB.

Uma redução na produtividade da safra americana pode levar os importadores mundiais a buscarem garantir suas necessidades de consumo no hemisfério sul, elevando as exportações brasileiras de 32 milhões para algo entre 38 a 40 milhões de toneladas.

>> Leia mais sobre os “Principais fatores que influenciam os preços de milho e soja no mercado brasileiro” em nosso artigo.

Este volume de 6 a 8 milhões de toneladas a mais, pode gerar um impacto importante nos estoques brasileiros e trazer maior volatilidade nas cotações.

>> Você conhece os Simuladores Econômicos da Agromove? Eles nos ajudam a preparar um bom planejamento e simular cenários. Elaboramos duas planilhas especiais que auxiliam a entender se você está fazendo um bom investimento com o seu dinheiro.

Recomendações Finais

Por último, mantemos nossa expectativa de preços de milho maiores no segundo semestre. A volatilidade também deve crescer e aproveitar a colheita da safrinha para garantir preços e uma parte da necessidade de consumo, parece ser uma alternativa interessante.

A nossa Probabilidade de Queda está ALTA, o que indica que o mercado pode se manter mais ESTÁVEL nos próximos dias, em linha com as cotações americanas. Ou pode apresentar alguma queda com a entrada mais forte da colheita, gerando uma excelente oportunidade de compra.

Sugerimos manter a atenção no mercado nas próximas semanas e acompanhar a Tendência e a Probabilidade de Queda nos Preços, pois as janelas de oportunidades devem encurtar.

Assista no vídeo abaixo os comentários do especialista Alberto Pessina.

Exportações de Milho Brasil
Fonte: Agromove

>> Leia mais em nossos artigos

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here