fbpx
Início Pecuária Planejando um Confinamento Altamente Lucrativo

Planejando um Confinamento Altamente Lucrativo

129
0
Imagem aérea Confinamento VFL Brasil
Foto: Confinamento VFL Brasil.

No webinar, Planejando um Confinamento Altamente Lucrativo, realizado no último mês de abril pela Agromove, Rogério Banin do Agro Sucesso explorou temas importantes para o planejamento técnico de um confinamento.

Os temas abordados foram Perspectivas para o Milho em 2020 por Alberto Pessina e Planejando um Confinamento Altamente Lucrativo por Rogério Banin.

Neste artigo, comentaremos a palestra do Rogério Banin sobre como Planejar um Confinamento Altamente Lucrativo.

Um bom planejamento se inicia nas áreas de pastagem

Durante a apresentação, Rogerio Banin destaca que o bom planejamento de um confinamento se inicia nas áreas de pastagem da fazenda.

Devido ao crescimento do rebanho nos últimos anos e a redução das áreas de pastagem no país, o confinamento se mostra como uma ferramenta essencial para a intensificação da pecuária. E, consequentemente, da receita e resultado da fazenda.

O confinamento exige uma boa oferta de grãos. Assim, o crescimento do rebanho, tem acontecido em direção às regiões de alta oferta de grãos. Além disto, saber trabalhar a alta volatilidade dos preços do milho, como abordado na palestra do Alberto, também passa a ser uma ferramenta essencial.

Você quer aprender sobre Mercado Futuro e Opções de Futuros na Pecuária de Corte? Montar operações de proteção para os custos de seus insumos🌽!

A principal matéria prima do confinamento é o boi magro

Como o principal custo do confinamento é o boi magro, no bom planejamento é fundamental pensar em como produzir ou comprar um boi magro com custo viável para a operação.

Para isto, é necessário alocar o sistema produtivo no pasto, pois é nele que produzimos uma arroba barata.

Hoje, o Brasil possui uma média de 1,2 UA/ha, um valor alto quando comparado com a média mundial de 0,3 UA/ha. Porém, para elevar a lotação para patamares acima de 1,5 a 2 UA/ha, é necessária a suplementação intensiva na seca.

O Brasil já está se aproximando do seu limite de suporte em pastagens. Daqui em diante, o crescimento da produtividade nas fazendas virá atrelado ao aumento de suplementação na seca e adubação de pastagens.

>> Escrevemos o artigo Por que a adubação em pastagens é tão importante?.

A importância de gestão fora da porteira

Rogério também destaca que o produtor, ao intensificar a produção, necessita se tornar um bom gestor fora da porteira. Pois, 65% a 70% do custo referente à receita potencial de um confinamento está relacionado com a reposição. E, 21% está relacionado com os custos de alimentação dos animais.

Portanto, garantir uma reposição barata e comprar bem seus insumos será inevitável no processo de intensificação.

Assista na íntegra o webinar Planejando um Confinamento Altamente Lucrativo.

Planejando um confinamento altamente lucrativo e Perspectivas para o preço do milho em 2020.

Leia também:

Quer acessar outros webinars da Agromove?

Você conhece o curso Lucrar Alto Fora da Porteira da Agromove? Este curso é para você que quer:

🎯 Desenvolver ferramentas para tomar decisões difíceis em mercados competitivos e turbulentos.

🎯 Usar os recursos escassos e focar nas estratégias que geram lucro no curto prazo e retorno no longo prazo.

🎯 Criar medidas consistentes para direcionar o crescimento da empresa e a proteção do fluxo de caixa, ao longo do ciclo de investimentos.

🎯 Criar inteligência competitiva e ferramentas poderosas para gerar Resultado em mercados onde os compradores se tornam cada vez mais fortes e organizados.

🎯 Utilizar as ferramentas de Mercado Futuro e Opções para garantir o Lucro do seu planejamento Estratégico.

🎯 Orientar a sua produtividade para as oportunidades do Mercado.

Acesse https://materiais.agromove.com.br/lucrar-alto-fora-porteira e faça sua Matrícula no curso Lucrar Alto Fora da Porteira!

Curso Lucrar Alto Fora da Porteira.
Fazer minha Matrícula no curso Lucrar Alto Fora da Porteira!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here