Foto:Thomas Quaritsch.
Foto:Thomas Quaritsch.

No post de hoje, queremos compartilhar uma projeção feita em 20/06/2018, na qual a ferramenta criada por Alberto Pessina, fundador da Agromove, alerta aos produtores que o preço do milho (na época R$ 40,00/saca) poderia cair mais. Como previsto, o preço caiu, chegando a patamares de R$ 35,00/saca em SP. Hoje, 18/07/2018, o preço está R$ 37,00/saca. Ou seja, um ganho de R$3,00/saca para o produtor. Confira abaixo os detalhes sobre essa projeção.

1) Cenário do milho e do frango

Em março, era previsto uma queda na produção do milho no Brasil em 10,8%. Em abril, essa redução melhorou, foi para 9,4%. E em maio, caiu para 8,8%. Ou seja, até maio as projeções apontavam uma melhora no cenário de oferta. Porém, no mesmo mês, passamos pela greve dos caminhoneiros e a seca no Mato Grosso do Sul, Paraná e São Paulo, que alteraram um pouco este cenário. Estes dois fatos, levaram a revisão mais recente da CONAB a projetar uma queda maior na produção de milho em relação ao ano passado.

Porém, apesar da revisão para baixo, dois fatores importantes relacionados à demanda estavam presentes no cenário. A produção de frango estava totalmente inviável devido à “Operação Trapaça” e agravada pela Greve dos Caminhoneiros. Com isto, os preços do frango despencaram em abril e maio, inviabilizando as compras de milho, com as relações de troca, atingindo os piores patamares dos últimos 3 anos.

No entanto, este cenário mudou recentemente. A relação de troca melhorou bastante em junho. Ou seja, o cenário futuro indica que o frango vai voltar a produzir e consumir milho. Temos um quadro de menor oferta com um quadro de recuperação da produção e demanda pelo milho. Então, à frente, não enxergamos uma grande queda no preço do milho em razão destes fatores.

2) Probabilidade de Queda no preço do milho

Outro ponto de destaque é o nosso gráfico sobre a Probabilidade de Queda no preço do milho. Veja abaixo:

Gráfico 1 - Probabilidade de Queda do Milho.
Gráfico 1 – Probabilidade de Queda do Milho.

As linhas referem-se ao preço do milho, em reais por saca.

As barras representam a Probabilidade de Queda do Milho.

A troca de cor das barras mostra o momento ideal para mudar de posição.

Quando as linhas mudam do vermelho para o preto, é o momento ideal para comprar o milho e esperar a sua subida. No momento em que mudam do preto para o vermelho, a oportunidade passa a ser ideal para vender o milho.

À medida que a região preta começa a chegar aos 80% de Probabilidade de Queda, está indicando que o movimento de Alta está próximo ao fim. E se começa a cair, está se aproximando do momento de mudar a posição para vendido. Ou seja, você vender o seu milho.

Voltando ao nosso cenário, repare que no final de maio a Probabilidade de Queda estava próxima a 80% (milho a R$ 44,00/saca), e em nossa projeção acusávamos uma queda na produção de frango, ou seja, queda na demanda. Em junho, as “barras” ficaram vermelhas, indicando venda. Já a Probabilidade de Queda acompanhou o cenário buscando uma nova região para indicar a volta às compras. Neste movimento o produtor já se beneficiou com mais de R$ 8,00/saca em seu resultado.

Quer receber mais previsões? Conheça a ferramenta desenvolvida pela Agromove, capaz de prever esses movimentos e lhe ajudar a descobrir o melhor momento para a compra e venda. Clique aqui!

Você já leu nossas entrevistas?

>> “Conversa com especialista: O que você precisa saber sobre recuperação de pastagens”. Neste artigo, Matheus Arantes responde as dúvidas mais frequentes sobre recuperação de pastagens,  iLP e iLPF.

>> “Conversa com especialista: produção de volumoso por meio da fenação”. Nesta entrevista, Felipe Moura fala sobre a técnica de fenação, suas vantagens, armazenamento e importância nutricional.

>> “Conversa com especialista: Crédito rural, como funciona?”. Nesta entrevista Gustavo Ubida, fala sobre o que é e como funciona o crédito agrícola no Brasil.

>> “Conversa com especialista: Seguro rural, o que é e como fazer?”. Nesta entrevista, Vitor Ozaki nos esclarece sobre o seguro rural seus benefícios e os principais tipos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here