fbpx
Início Artigo Conversa com especialista: O que você precisa saber sobre recuperação de pastagens

Conversa com especialista: O que você precisa saber sobre recuperação de pastagens

1231
0
Sistema São Mateus.
Sistema São Mateus. Foto: Agência de Notícias - Embrapa.

A pecuária é uma das atividades de maior importância no mercado agrícola do Brasil. De acordo com o site CensoAgro do IBGE, o Brasil produziu, em 2017, cerca de 171,85 milhões de cabeças, totalizando 9,7 milhões de toneladas equivalente carcaça. Do ponto de vista das pastagens, um dos temas mais questionado pelos produtores é a recuperação das áreas degradadas e com torná-las aproveitáveis novamente. Para responder as perguntas mais frequentes sobre recuperação de pastagens, realizamos uma entrevista com o especialista Mateus Arantes.

Introdução

Mateus Arantes é formado na Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ-USP) em 1996, com especialização em administração e economia. Durante sua graduação fez parte da equipe Cepea e participou de grupos de estudos focados na área.

Após sua formação, teve uma breve passagem pela BMF e posteriormente, trabalhou na multinacional Monsanto com iLP (integração Lavoura-Pecuária).

Após 3 anos, mudou-se para o município de Três Lagoas-MS com o intuito de trabalhar com iLP. Fez uma parceria com a Embrapa em 2008, que foi fundamental para validar o plantio direto de soja em áreas difíceis. Em 2011, foi secretário do Meio Ambiente e Agricultura no mesmo município. No ano de 2012 fundou a Agricult visando servir de consultoria no Sistema São Matheus.

Hoje, Mateus Arantes possui 2 projetos envolvendo o sistema iLP, além de atuar como consultor especialista na área por todo o Brasil.

Questões:

Agromove: O que é pastagem degradada?

Mateus Arantes: É quando a pastagem perde em média 50% do seu potencial produtivo. Não gosto dessa definição. Na verdade, de modo geral nas fazendas brasileiras, podemos, apenas com manejo correto, aumentar de 20-30% a produção de carne ou leite. Dá para imaginar isso? Então, na minha opinião, para definir uma pastagem degradada, precisa-se avaliar detalhadamente a que nível se encontra e o que é possível fazer.

A: Como uma pastagem degradada afeta o produtor?

MA: Claramente afeta na parte que mais dói, no bolso. A pastagem é fundamental para manter a rentabilidade da propriedade rural. Consequentemente, deve ser melhorada em tecnologia e sustentabilidade

A: Por que a recuperação de pastagens deve ser feita?

MA: Exatamente para melhorar a rentabilidade da fazenda. Com dinheiro é possível melhorar cada vez mais. Produtor capitalizado é produtor sustentável. Oferece emprego, distribui renda e cuida do meio ambiente. Sem dinheiro, difícil né?!!

Quer aprender a comprar e vender o seu gado no melhor momento do mercado? Baixe gratuitamente o e-book Pecuária Inteligente.

A: Quais são as principais vantagens da recuperação de pastagens?

MA: A palavra é sustentabilidade. Para ele, para sucessão e para sociedade em geral.

A: O que leva uma área de pastagem a ficar degradada?

MA: São três fatores: manejo, manejo e manejo.

A: Quais são as principais medidas que o produtor deve tomar para realizar esta recuperação?

MA: Na maioria das vezes ele pode se informar e treinar a equipe em manejo. Isso não custa quase nada. Na minha opinião, é a principal medida no curto prazo.

Com o aumento de produtividade, e vai aumentar, ele pega esse dinheiro e investe em infraestrutura. Divisões de pastos, aguadas, e por fim em adubação. Nesse processo tem que ser criativo para aumentar a taxa de lotação, pois imagine comprar 30% de gado a mais em uma atividade que tem as margens apertadas (o dinheiro do Banco do Brasil se paga?)??!!!

>> Você já solicitou o e-book Pecuária Eficiente? Clique aqui!

A: Quais as principais medidas que devem ser tomadas para não haver a necessidade de recuperar as pastagens?

MA: Três: manejo, manejo e manejo.

A: Existem iniciativas governamentais ou particulares que auxiliam o produtor nesse processo?

MA: Hoje, tecnologia tem de monte e para todos os gostos. Às vezes, a gente até se perde por conta da quantidade. Vai de excelentes consultores até órgãos governamentais. Embrapa é um exemplo disso, tem curso gratuito a todo momento.

O que precisa ser feito pelo produtor é sair da zona de conforto e dedicar mais tempo em entender e planejar sua fazenda como um todo. Aí tomar a decisão de mudar.

A: Quais são os principais custos para realizar a recuperação de pastagens?

MA: Quase nada. Mudar de postura e realizar treinamentos já recupera boa parte do sistema de produção.  Em caso mais drástico, que exija reformar a pastagem com grade limpeza, etc. haverá maior custo. Mas o produtor deve estar mais engajado na gestão. A fazenda com intensificação gera um saldo em capital de giro e aí a administração financeira e gerencial deve ser revista.

A: Quais técnicas são as mais utilizadas nesse processo?

MA:

  • 1) Manejo e limpeza
  • 2) Manejo adubação e limpeza
  • 3) Recuperação com plantio convencional (grade, arado, niveladora, etc.)
  • 4) Plantio direto de pastagem
  • 5) iLP (integração Lavoura-Pecuária)
  • 6) iLPF (integração Lavoura-Pecuária-Floresta)

A: Qual o panorama futuro para essa técnica?

MA: Na verdade, o pecuarista não tem outra opção. Ou recupera os pastos, ou vai “cair fora da atividade”.

A: O que á a iLP e a iLPF?

MA: São sistemas integrados com grãos, fibras, pasto e árvores. A ideia é que eles se complementem, que possam potencializar e diversificar a atividade a fim de melhorar o lucro e a sustentabilidade

Integração Lavoura Pecuária Floresta.
Foto: Divulgação.
Integração Lavoura Pecuária Floresta.
Foto: Divulgação.

A: O que é o Sistema São Mateus? O que ele tem de diferente em relação a iLP?

MA: O SSMateus foi criado para viabilizar grãos em áreas difíceis com baixa pluviosidade (veranicos frequentes), baixa altitude com altas temperaturas e solo arenoso. A especialidade do São Mateus é recuperar áreas degradadas e com isso inverte o sistema. Seguindo o sistema, no início do processo, ao invés de entrar direto com grãos, primeiro deve-se recuperar a pastagem (parte química, física e biológica). Depois de 6 a 12 meses entra-se com plantio de grãos.

A: Ao seu ver, como estes sistemas podem ajudar a pecuária e vice-versa?

MA: Segurança. O São Mateus tem dado ao produtor estabilidade produtiva tanto no grão quanto na pecuária.

A: Qual a área mínima para o produtor trabalhar com estes sistemas?

MA: Não existe. Estes dias atendi um pequeno produtor que possui uma área de 6 ha.

A: Qual o aumento de produtividade que o pecuarista tem com a integração?

MA: Ainda não chegamos ao máximo, mas é muito. No mínimo, na “primeira tacada”, aumenta em 5x a pecuária e chegando até a 10x. Sem falar que ainda entra o grão no sistema, diversificando e aumentando ainda mais a produtividade por área (é possível, no mesmo ano AGRÍCOLA, tirar soja, milho e 3 meses de pasto).

A: Quais os primeiros passos para quem quer implementar a iLP?

MA: Primeiro mudar a postura. Principalmente na parte gerencial. Muda tudo. Segundo, procurar se informar e ter um bom profissional para auxiliar na mudança. O investimento é alto, assim como o risco. Deve-se estar bem ciente que será um passo longo. Sistemas integrados são complexos e demandam muito planejamento e conhecimento.

A: Existe alguma mensagem ou conclusão que você quer deixar para o produtor que está lendo a sua entrevista?

MA: Invista em você e no seu negócio. Ele é próspero, prazeroso e sustentável.

Você conhece o curso Lucrar Alto Fora da Porteira da Agromove? Este curso é para você que quer:

🎯 Desenvolver ferramentas para tomar decisões difíceis em mercados competitivos e turbulentos.

🎯 Usar os recursos escassos e focar nas estratégias que geram lucro no curto prazo e retorno no longo prazo.

🎯 Criar medidas consistentes para direcionar o crescimento da empresa e a proteção do fluxo de caixa, ao longo do ciclo de investimentos.

🎯 Criar inteligência competitiva e ferramentas poderosas para gerar Resultado em mercados onde os compradores se tornam cada vez mais fortes e organizados.

🎯 Utilizar as ferramentas de Mercado Futuro e Opções para garantir o Lucro do seu planejamento Estratégico.

🎯 Orientar a sua produtividade para as oportunidades do Mercado.

Acesse https://materiais.agromove.com.br/lucrar-alto-fora-porteira e faça sua Matrícula no curso Lucrar Alto Fora da Porteira!

Curso Lucrar Alto Fora da Porteira.
Fazer minha Matrícula no curso Lucrar Alto Fora da Porteira!

Você tem mais perguntas para o Mateus Arantes?

Ele está no Instagram, @mateusarantesagri e no Facebook, Mateus Arantes Fazenda São Mateus. Envie suas perguntas e conheça o trabalho deste competente profissional!

>> Leia mais: “Pastagens prejudicadas: Como fica o boi gordo?”. Neste artigo, Alberto Pessina fala da influência do clima nas pastagens e, por consequência, a pressão nas cotações do boi gordo.

>> Leia mais entrevistas em: “Conversa com especialista: produção de volumoso por meio da fenação”. Neste artigo, Felipe Moura responde as dúvidas mais frequentes sobre a fenação. Dentre elas sobre produção, armazenamento e importância nutricional.

Restou alguma dúvida? Deixe seu comentário abaixo!

Você conhece as Novas Plataformas Inteligentes Agromove? Tenha muito mais que as Cotações do Boi Gordo, Milho e Soja atualizadas diariamente em suas Mãos!

Nova Plataforma Agromove
Nova Plataforma Inteligente Agromove

>> Você conhece os Simuladores Econômicos da Agromove? Eles nos ajudam a preparar um bom planejamento e simular cenários. Elaboramos duas planilhas especiais que auxiliam a entender se você está fazendo um bom investimento com o seu dinheiro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here