fbpx
Início Artigo O futuro da Cadeia Produtiva da Carne Bovina brasileira: Consumo

O futuro da Cadeia Produtiva da Carne Bovina brasileira: Consumo

172
0
Carne assada

O consumo de carne bovina é algo tão natural e tão presente do dia a dia das pessoas que muitas vezes nem paramos para pensar “será que sempre foi assim? E será que sempre será?”. Bom, sempre é uma palavra muito forte.

O que podemos é ter uma ideia e uma perspectiva de como estará o consumo de carne bovina daqui a alguns anos.

Já trouxemos para você, leitor, outros artigos com informações muito importantes sobre a tendência da produção de carne bovina no Brasil em 2040. Artigos sobre Insumos, Produção de Bovinos de Corte, Indústria Frigorífica, Comercialização. E agora vamos analisar como será em relação ao consumo, pois não basta apenas investir na produção se não tiver um mercado consumidor favorável para tal.

Mais uma vez faremos uma revisão do Relatório do CiCarne/Embrapa O Futuro Da Cadeia Produtiva Da Carne Bovina Brasileira: Uma Visão Para 2040 como base para esses esclarecimentos.

A perspectiva do consumidor

Como já mencionado, não adianta investir na produção se não existir mercado consumidor. Dessa forma, é muito importante saber o que o próprio consumidor pensa sobre essa mercadoria e como melhor atender as exigências do mercado.

A opinião pública basicamente é o que cada cidadão pensa a respeito de determinado assunto. Claramente é impossível agradar a todos, por isso é essencial que todos saibam o mínimo sobre o assunto em questão.

Muito comum hoje é a política do “cancelamento”, na qual a pessoa, por motivos pessoais e muitas vezes sem o devido conhecimento, move outros de pensamentos iguais para negar e até evitar que tal segmento aconteça. Fazendo com que, muitas vezes, um produto ou negócio perca forças e seja muito prejudicado. Para que isso não ocorra, a informação deve chegar de forma correta, simples e clara a toda população.

O agronegócio tem sofrido muitos ataques injustos desses grupos. A pecuária é um bom exemplo disso. Sendo o Brasil um dos maiores produtores de carne do mundo e sendo esse ramo um dos maiores contribuintes para o crescimento do país, é de se esperar que a população esteja atenta a novas informações, contribuindo para o crescimento e desenvolvimento brasileiro sem prejudicar o produtor e “cancelar” o produto. Mas como já dito, não é assim que acontece hoje, porém a perspectiva é de que isso mude.

Até 2040, haverá muito investimento em tecnologia e bem-estar animal. Por isso a produção será mais sustentável e espera-se que seja mais bem vista aos olhos da população.

Hoje, temos presenciado diariamente, pessoas que estão cada vez mais adeptas ao perfil vegetariano/vegano, ou seja, que não consomem carne de nenhum tipo. Apesar disso, pesquisas apontam um aumento no consumo de carne entre os anos 2008 e 2020. Mesmo com o preço da carne em alta, esse aumento no consumo é real e vai continuar.

O preço alto da carne atualmente, é o resultado da oferta restrita de gado no país e forte demanda da China, que importa esse produto do Brasil, sem contar as consequências da pandemia do Coronavírus que vem devastando a saúde e economia do mundo inteiro.

Diante desse cenário, a previsão é de que já em 2029, o Brasil produza 12,6 milhões de toneladas de carne bovina, o que equivale a 27% a mais do que foi produzido em 2018. As exportações também vão aumentar, chegando a 3,2 milhões de toneladas, ou seja, 102% superior em comparação ao que é hoje. O consumo interno deve crescer 12%, passando de 7,9 milhões de toneladas para 8,8 milhões de toneladas.

De acordo com o relatório mencionado na introdução, a previsão para 2040 é de que a carne bovina brasileira já esteja consolidada e apresente certificação de qualidade tanto para o mercado interno quanto o externo. Para isso, muitas coisas vão mudar, como por exemplo o maior controle da inspeção sanitária em frigoríficos, maior introdução de genética taurina no rebanho e maior aceitação do produtor a certificações.

Quero conhecer o curso Lucrar Alto Fora da Porteira

Quer aprender a explorar as oportunidades que as oscilações de commodities oferecem? Conheça as Plataformas Inteligentes Agromove, uma ferramenta prática e muito fácil de usar, que auxilia os produtores a aumentarem o seu lucro.

Disponibilidade de produtos

E para quem acha que o futuro está muito distante, atualmente já podemos perceber diversas inovações como as chamadas “boutiques de carnes” que estão em alta. São lugares que oferecem cortes de carnes nobres, conhecidos também por açougues premium. Essas carnes nobres são parcelas da carne do boi destinadas principalmente ao churrasco, ou seja, cortes com melhor acabamento. E o que já é tendência hoje, apresenta alta probabilidade de se expandir mais ainda em 2040.

Além disso, a busca por produtos orgânicos hoje tem aumentado no mercado, apesar do preço não permitir um acesso para a população como um todo. É difícil dizer que a carne entrará nesse nicho, porém existe uma grande probabilidade de que sim, pois produtos desse tipo (orgânicos) são os que mais entram na categoria de saudabilidade e ética de produção.

Em contrapartida, o número de vegetarianos/veganos, como já dissemos anteriormente, tem aumentado muito nos últimos anos. Dessa forma, é impossível ignorar que o mercado necessita atender as exigências desse público. Por isso, empresas têm desenvolvido produtos substitutos à base de vegetais e até mesmo produtos cárneos feitos em laboratório.

Você quer aprender sobre Mercado Futuro e Opções de Futuros na Pecuária de Corte? Montar operações de proteção para os custos de seus insumos🌽!

Hábitos de consumo

Se hoje o consumidor já é exigente quanto aos produtos que consome, em 2040 já podemos prever que isso continuará. Por isso, a indústria de carne investe cada vez mais em formas de diferenciar os cortes, em padrões organolépticos, e formas de conseguir atender a todos os grupos consumidores, sejam eles exigentes na questão monetária, nutricional, ambiental, éticos ou religiosos.

As mudanças nos hábitos de consumo é que ditam como será o processo industrial. Aqueles produtores e empresas que não conseguem atender às demandas tendem a se tornar menos competitivos em relação aos outros.

Pesquisadores e organizações buscam sempre conhecer os gostos, as preferências, os hábitos e as atitudes dos consumidores para que se possa ter uma ideia das tendências e perspectivas em relação ao comportamento de consumo.

Essas inovações incluem técnicas como a Consumer Centric, que serve basicamente para que, ao fazer um negócio, o cliente possa desfrutar de uma experiência positiva antes e depois da venda, proporcionando à empresa uma ideia do aumento na retenção, lealdade e lucros.

Já a tecnologia IoT, também conhecida como a Internet das Coisas, é responsável por conectar diferentes aparelhos dos mais variados tamanhos, chegando até a refrigeradores das casas dos consumidores, garantindo sempre o abastecimento das compras do cliente.

O ponto negativo dessa tecnologia é que, ainda, os consumidores gostam de escolher seus próprios alimentos, e até mesmo diferentes peças do mesmo corte de carne.

Você conhece o curso Lucrar Alto Fora da Porteira da Agromove? Este curso é para você que quer:

🎯 Desenvolver ferramentas para tomar decisões difíceis em mercados competitivos e turbulentos.

🎯 Usar os recursos escassos e focar nas estratégias que geram lucro no curto prazo e retorno no longo prazo.

🎯 Criar medidas consistentes para direcionar o crescimento da empresa e a proteção do fluxo de caixa, ao longo do ciclo de investimentos.

🎯 Criar inteligência competitiva e ferramentas poderosas para gerar Resultado em mercados onde os compradores se tornam cada vez mais fortes e organizados.

🎯 Utilizar as ferramentas de Mercado Futuro e Opções para garantir o Lucro do seu planejamento Estratégico.

🎯 Orientar a sua produtividade para as oportunidades do Mercado.

Acesse https://materiais.agromove.com.br/lucrar-alto-fora-porteira e faça sua Matrícula no curso Lucrar Alto Fora da Porteira!

Curso Lucrar Alto Fora da Porteira.
Fazer minha Matrícula no curso Lucrar Alto Fora da Porteira!

Conclusão

Diante dos fatos abordados neste artigo chegamos a algumas conclusões:

  • O preço da carne não é um fator limitante para o consumidor;
  • Os adeptos às dietas vegetarianas/veganas não atrapalham a produção e fornecimento da carne no mercado;
  • As inovações tecnológicas já são uma realidade atualmente e a tendência é que em 2040 seja um diferencial para que a pecuária seja mais bem vista aos olhos de todos.

>> Leia mais em: “Cria: 5 principais entraves”. Nesta entrevista, Rodrigo Paniago, da Boviplan Consultoria Agropecuária nos responde as principais dúvidas sobre a fase de cria e comenta seus principais entraves.

>> Leia mais entrevistas em: “Recria: 5 principais entraves”. Neste texto, Marco Balsalobre responde quais são os principais entraves desta fase e porque ela é tão negligenciada.

>> Leia mais entrevistas em: “Engorda: 7 principais entraves”. Neste texto, Rogério Fernandes Domingues fala um pouco mais sobre os principais entraves na engorda e como isso pode ser prejudicial ao produtor.

>> Quer saber mais sobre Mercado Futuro? Leia o artigo “Mercado Futuro do Boi Gordo e Commodities: 7 cuidados básicos” do Alberto Pessina.

>> Leia mais em: “Por que devo saber o meu custo?”. Onde Alberto Pessina responde as principais dúvidas sobre gestão de custos.

>> Leia mais entrevistas em: “Margem Bruta e Eficiência Comercial”. Onde Alberto Pessina explica sobre Margem Bruta e Eficiência Comercial.

>> Leia mais entrevistas em: “Como melhorar os resultados da empresa rural?”. Onde Alberto Pessina explica que precisamos analisar uma série de fatores que influenciam na produtividade e rentabilidade do negócio para atingir bons resultados. E é fundamental se ter uma boa gestão das atividades da propriedade rural.

>> Assista nossos webinars em https://blog.agromove.com.br/webinars/

Webinar Estratégias de Mercado para garantir uma dieta lucrativa
Contrato de Opções: Como utilizar?
Webinar Toque sua Fazenda como uma Empresa e Lucre Mais
Toque sua Fazenda como uma Empresa e Lucre Mais
Webinar Importância da geração de caixa para o sócio
Importância da geração de caixa para o sócio

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here