Biotecnologia, um futuro sustentável

8
297
Biotecnologia

O termo Biotecnologia tem estado muito em pauta atualmente. Nós do ramo agrícola, constantemente nos deparamos em meio a uma conversa onde ao menos um dos participantes menciona este tema. Mas você realmente sabe o que é isso? A sua importância no agro?

E se eu disser que ela já faz mais do que parte do dia a dia das fazendas. Além de ter potencial de crescimento, podendo ser um dos principais fatores da próxima revolução agrícola, a famosa Agricultura 4.0?

Ficou curioso? Se sim, esse texto é ideal para você.

Biotecnologia: Cientista trabalhando no desenvolvimento de plantas melhoradas.
Biotecnologia: Cientista trabalhando no desenvolvimento de plantas melhoradas.

Agricultura e biotecnologia, juntas desde o início

Biotecnologia pode apresentar diversas definições, porém todas concordam em um aspecto central.

É o conjunto dinâmico e multidisciplinar de conhecimentos que buscam o desenvolvimento de técnicas e tecnologias associadas aos seres vivos, bem como a geração de produtos úteis.

>> Você quer saber mais sobre o Pecuária de Decisão? Solicite gratuitamente o e-book Pecuária Inteligente!

Mesmo parecendo algo moderno, é muito mais antigo do que nós imaginamos. O processo de produção de cerveja e pão é feito desde os primórdios da humanidade. Por incrível que pareça, muitos indicam que esse é um dos primeiros indícios do nascimento deste termo. Porém, seu registro inicial ocorreu na década de 70 pelo engenheiro agrícola Karl Ereky.

Ele foi o primeiro a utilizar o termo para descrever o uso de uma dieta manipulada com beterraba e microrganismos na alimentação de porcos.

Biotecnologia e a extinção da fome iminente

Campo de trigo bem desenvolvido. Representa o resultado alcançado por Norman e sua pesquisa.
Campo de trigo bem desenvolvido. Representa o resultado alcançado por Norman e sua pesquisa.

Um dos mais famosos exemplos sobre biotecnologia ocorreu por volta de 1940.

Plantios de trigo estavam sendo ameaçados por um fungo causador da ferrugem do colmo.

Norman Borlaug, um engenheiro agrônomo com especialidade em melhoramento genético, foi responsável pelo desenvolvimento de variedades de trigo resistentes ao fungo.

Através de novos cruzamentos, foi capaz de criar a variedade de trigo anão, sendo mais responsivo ao uso de fertilizantes. Alavancando, assim, a produção do grão, sendo uma das variedades mais utilizadas ainda atualmente. Esse evento foi tão importante que, em 1970, Norman recebeu o Prêmio Nobel da Paz.

Se ficou impressionado com isso, é porque ainda não sabe quais são as possibilidades atuais da moderna biotecnologia. Mas antes de introduzi-las, vamos abordar um pouco sobre os atuais problemas globais do agro.

Problemas globais atuais

Esquema representativo dos efeitos do aquecimento global. E a esperança que a biotecnologia pode auxiliar a restaurar o equilíbrio natural.
Esquema representativo dos efeitos do aquecimento global. E a esperança que a biotecnologia pode auxiliar a restaurar o equilíbrio natural.

Atualmente, nossa sociedade vem sofrendo severos problemas associados aos impactos que causamos no meio ambiente, em especial nas últimas décadas. Grande parte dos problemas que enfrentamos estão associados ao aquecimento global.

Problemas como secas e desertificação de áreas têm causado drástica redução da produção agrícola, elevando o índice de perdas, resultando em elevados prejuízos aos produtores.

As plantas não são as únicas que têm sofrido com isso, muitos pecuaristas no mundo todo, enfrentam maiores perdas ano após ano.

Conjuntamente a esses problemas, ainda temos dois grandes desafios em nossas mãos.

O aumento da produtividade agrícola para atender a demanda crescente de alimentos devido ao crescimento anual da população global.

Assim como a pressão social e ambiental sobre práticas agrícolas mais sustentáveis, gerando menos impactos negativos sobre o meio ambiente e também um maior nível de qualidade dos produtos.

Bom, parece que o produtor tem um enorme problema em suas mãos certo?

Por um lado, existe uma demanda crescente por mais alimentos, melhor qualidade e menos impacto ambiental. Por outro, nos últimos anos, adventos climáticos têm afetado o Agro negativamente, não somente no Brasil, mas também em escala global.

Mas nem tudo está perdido!

A biotecnologia e outras práticas agrícolas podem ser aplicadas conjuntamente, e assim reduzir drasticamente esses problemas?

Biotecnologia revolucionando o Agronegócio

A imagem da esquerda mostra uma soja vigorosa se desenvolvendo.
E a imagem da direita retrata exemplares de Brangus-Ibagé.
A imagem da esquerda mostra uma soja vigorosa se desenvolvendo.
E a imagem da direita retrata exemplares de Brangus-Ibagé.

Soja resistente a seca

Como mencionado anteriormente, um dos maiores problemas atuais é a necessidade iminente de cultivares mais adaptados às condições de elevadas temperaturas e baixa disponibilidade de água.

Muitos trabalhos vêm sendo realizados diariamente. Um dos exemplos mais atuais que tem recebido grande destaque da comunidade agrícola é a identificação de uma variedade de soja que demonstrou elevada resistência à seca.

Os cientistas apontaram que essa variedade possui algumas características de fenótipo que se correlacionam com o melhor desempenho sob condições de estresse severo.

Algumas dessas características são a alta razão raiz / parte aérea, alto peso foliar específico, teor de clorofila e taxa fotossintética, mas o fator apontado como grande responsável é um sistema radicular muito mais profundo e com mais raízes laterais, o que auxiliam na captação de água das camadas mais profundas do solo, auxiliando, assim, na sobrevivência.

Qualidade e rusticidade

A pecuária também não fica para trás, o constante incremento do desempenho animal é fruto da biotecnologia. Através do melhoramento genético, melhoristas são capazes de identificar caraterísticas desejáveis.

Uma das técnicas mais usadas são os marcadores moleculares. Eles fazem o rastreamento das características nas progênies, sem nem mesmo ter que avaliar o fenótipo. Dessa forma, o uso dessa tecnologia acelera consideravelmente o processo de melhoramento.

Para ajudar você a montar um bom planejamento e simular cenários, preparamos duas planilhas especiais que lhe ajudarão a entender se seu dinheiro está sendo bem aplicado.

Simulador Pasto
Simulador Pasto

Se você trabalha com gado de corte, provavelmente já ouviu falar sobre o lendário Angus, uma raça Européia com excelente qualidade de carcaça e marmoreio.

Essa raça não é adaptada às condições climáticas do Brasil, o que dificulta sua cria e engorda. Porém, cientistas brasileiros do MAPA e EMBRAPA trabalharam juntos para desenvolver um animal que tivesse tais qualidades de carcaça e carne, e ao mesmo tempo melhor desempenho de conversão utilizando pasto e adaptabilidade ao clima.

Após anos de pesquisa e cruzamento desenvolveram a raça bovina sintética Brangus, sendo um animal que atende a todas as demandas de qualidade e desempenho.

Um futuro ainda mais brilhante

Essas tecnologias revolucionaram os programas de melhoramento na agropecuária nas últimas décadas. Atualmente, algumas tecnologias prometem melhorias jamais antes vistas, e diferentemente dos transgênicos, não deixarão nenhum rastro de alteração genética, como se fossem um produto natural.

O nome dessa tecnologia milagrosa é CRISPR-Cas. Prometendo ser um dos grandes responsáveis por moldar um futuro mais sustentável e equilibrado.

Essa tecnologia tem potencial de mudar não somente no agro, mas também em outros setores como a medicina, o setor industrial de bioprodução e muito mais. Porém, pouco ainda se sabe sobre o total funcionamento da técnica, o que torna seu uso inconsequente altamente preocupante.

Desta forma, muito ainda se deve estudar acerca da técnica, para que possamos usufruir de seu real potencial.

Os aliados da biotecnologia

Imagem representativa da integração de tecnologias que serão responsáveis pelo futuro da agricultura.
Imagem representativa da integração de tecnologias que serão responsáveis pelo futuro da agricultura.

Contudo, nós não precisamos contar com o uso de tecnologias high-end. A biotecnologia moderna possui aliados que quando usados conjuntamente podem ser grandes pilares de uma agricultura mais sustentável.

Algum desses pilares vocês já devem ter lido no nosso blog. Como por exemplo rotação de culturas, controle biológico e plantio direto.

Se quiser entender mais afundo como praticar uma agricultura equilibrada e alcançar melhores índices produtivos, sugiro que click nos links.

Dois pilares que ainda não mencionamos são a nanotecnologia, uma ramificação da biotecnologia e o uso de bioinoculantes.

Nanotecnologia inovando o Agro

A nanotecnologia promete grandes revoluções para o futuro próximo. Seja através do desenvolvimento de biopartículas mais estáveis que auxiliem na estabilização de fertilizantes. Bem como na aplicação foliar de nanocompostos que propiciem o melhor desenvolvimento.

Alguns dos benefícios gerados são o estímulo do elongamento radicular, maior resistência a estresses bióticos e abióticos, dentre outros.

Bioinoculantes, mais que uma alternativa

Já os bioinoculantes prometem lentamente substituir o mercado de fertilizantes químicos. As reservas naturais dos nutrientes estão a algumas décadas de sua escassez total. Assim gerando uma elevada pressão para que nós encontremos novas saídas para manter a produção agrícola.

Os bioinoculantes não são somente a solução para uma crise iminente. São uma opção mais sustentável que causa um impacto ambiental muito menor.

Enfim, podemos dizer que para criarmos um futuro mais sustentável e uma agricultura mais produtiva, todas essas técnicas devem ser aplicadas conjuntamente. Somente assim, poderemos reverter os danos que causamos ao nosso planeta.

Ficou interessado sobre os temas, deixe seu comentário ou siga a Agromove nas redes sociais.

>> Você já solicitou o e-book Pecuária Eficiente? Clique aqui!

8 COMENTÁRIOS

  1. Excelente abordagem sobre o desafio do necessário aumento da produção de alimentos em cotejo com seus impactos no meio ambiente e atendimento da população.

  2. Situações que atuam diretamente na nossa saúde. E portanto em nossas vidas as vezesz nao nos damos conta (…) É o caso brilhantemente analisador por Sr. GUSTAO TAMASCO.

    Muito interessante o artigo com espectro na biotecnologia e nanotecnologia.

    Parabéns pelo esclarecedor artigo.

    Porém oportuno dizer duas questoes a considerar.
    Primeiro parabenizar ao site em questão pela matéria e, segundo, espero e tenho certeza que nossos governantes estam atentos ao tema (super importante) no sentido de colocarem em pauta no Congresso Nacional, novos mecanismos de lei capazes de ir ao encontro dessa brilhante esposicao do tema Agro.

    Saudações.

    Sandro advogado em São Paulo.

  3. Parabéns pelo artigo! O uso da biotecnologia na agricultura e na pecuária é realmente bastante amplo e um caminho sem volta, ainda bem. Além da genética, vale lembrar também da sua importância na nutrição animal, como por exemplo no desenvolvimento de aditivos, como ionóforos, probióticos, prebióticos, enzimas, etc, que impactam positivamente os índices zootécnicos e de produtividade, além de mitigarem a produção de gases de efeito estufa, como no caso do metano, um dos mais potentes dos GEE. Abraços!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here